Entre em contato

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Assunto

Mensagem

Galerias / Galleries

390

As correntes que se formam não deixam de ser fortes só por que são invisíveis. De um lado da água tem o leito do mar e do outro o casco do barco. Um barco só toca o fundo do mar quando encalha ou quando afunda. De um lado do corpo estão os olhos que o observa, do outro lado a maquiagem que se espalha. E do lado de lá da maquiagem, a pele, a borda e o lábio do sino, da bengala, dos imãs, do corpo... O corpo é uma garrafa que se enche de olhos, e que se movimenta docemente por entre o negrume opaco do ferro fundido.

O corpo repleto de olhos suspende mais de dois mil quilos de possibilidades.