Entre em contato

Nome (obrigatório)

Email (obrigatório)

Assunto

Mensagem

Galerias / Galleries

Voltar

Fechar

Pálpebras

1979
  • instalação com borracha, chumbo, prata, lâmpadas infravermelhas e ultravioleta, lâmpada branca e caixa de música

Obras decorrentes de histórias ou histórias decorrentes de obras. As narrativas são uma forma de desenho que usa como suporte o tempo imaginado e apresenta no tempo vivido um testemunho ou uma cena que comprova aquela história.

O içamento de um corpo inerte é uma marionete. Nesse sentido True Rouge inicia o grupo de obras içadas. Estas obras trazem um repertório de elementos conjuntivos que separam e ao mesmo tempo conectam o corpo do marionete ao corpo do manipulador. São cabos, hastes, ganchos, correntes e ventosas. A diferença de um corpo de marionete e um contra peso içado está na ilusão de que a marionete sustenta o próprio corpo, tornando os conectivos, por vezes, invisíveis.

Num lado da sala, duas placas negras de borracha estão apoiadas entre a parede e o chão. Atrás de cada uma delas está uma lâmpada ultravioleta e infravermelho, respectivamente. Entre as placas, uma lâmpada branca. Um sensor é acionado por uma pequena aranha de prata pendurada do teto por um fio que vai até o outro lado da sala. Lá, o fio desce até uma caixa de musica que toca “Smoke gets in your eyes” (eternizada pelas vozes do The Platters) por 6 horas seguidas. A caixa de música enrola o fio nesse mesmo intervalo, e em seguida passa a desenrolar pelas próximas 6 horas. Este movimento faz com que a aranha suba e desça acionando o sensor no seu ponto mais baixo . A cada vez que a aranha aciona o sensor a corrente elétrica é desviada da lâmpada branca para as lâmpadas ultravioleta e infravermelha e vice versa. No outro lado da sala, encostado diante da caixa de música repousa uma pesada chapa de chumbo. Sobre uma das placas negras encontra-se uma mosca de plástico. Uma grande sombra de aranha surge do lado da parede de chumbo momentos antes da luz branca ser desligada.
Pálpebras cria um glossário de tipos de invisibilidade. Aquilo que é muito pequeno, aquilo que quase parado, aquilo que está atrás de você, aquilo que está além do ultravioleta, aquilo que está aquém do infravermelho, aquilo que a fumaça esconde e aquilo que as pálpebras velam.

/
Pálpebras
  • instalação com borracha, chumbo, prata, lâmpadas infravermelhas e ultravioleta, lâmpada branca e caixa de música
Crédito da imagem indiponível no momento, 1979
Galeria Cândido Mendes - Rio de Janeiro - Brasil
Pálpebras
  • instalação com borracha, chumbo, prata, lâmpadas infravermelhas e ultravioleta, lâmpada branca e caixa de música
Crédito da imagem indiponível no momento, 1979
Galeria Cândido Mendes - Rio de Janeiro - Brasil
Pálpebras
  • teste
Crédito da imagem indiponível no momento, 1979
Galeria Cândido Mendes - Rio de Janeiro - Brasil
Pálpebras
  • instalação com borracha, chumbo, prata, lâmpadas infravermelhas e ultravioleta, lâmpada branca e caixa de música
Crédito da imagem indiponível no momento, 1979
Galeria Cândido Mendes - Rio de Janeiro - Brasil